Saiba como consultar o saldo do INSS Online

Uncategorized

Consulta INSS 2018 – Uma das maiores autarquias do Brasil, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tem como objetivo resolver todos os assuntos que englobam a providência social, saúde e assistência social. O pagamento do INSS poderá ser realizado em mais de 1500 agências credenciadas por todo o País.

Mas, após verificar a tabela INSS 2018 de pagamento e o calendário, você ainda poderá conferir também o valor do INSS que será pago. A consulta permite você descobrir qual é este valor. Entre todas as ferramentas presentes no site para diversas consultas, o extrato de consulta INSS online é um deles.

Consulta INSS 2018

A consulta do INSS pela internet poderá ser feito seguindo os passos abaixo:

  1. Acesse o site do INSS www.previdencia.gov.br;
  2. Nome do benefício;
  3. Data de Nascimento;
  4. Nome do Beneficiário;
  5. Número do CPF;
  6. Digite os caracteres no campo ao lado;

Através da consulta INSS 2018 o beneficiado poderá acompanhar a sua situação junto a previdência mensalmente. Saber quais foram os pagamentos realizados e se há algum benefício a ser pago ainda. Além disso, no site é possível tirar todas as dúvidas e entrar em contato casa deseja realizar alguma reclamação.

Aqui é importante informar o número do benefício, sem pontos ou barra. A data de nascimento do beneficiado, contendo quadro algarismo no ano, por exemplo, 02/06/1982. Além disso, é necessário informar também o nome do beneficiado e o número do CPF. É importante que para realizar a consulta INSS, todos os dados sejam informados de forma correta e verídica para que a mesma possa ocorrer de forma correta.

Extrato INSS 2018

O Extrato INSS 2018 que poderá ser visualizado ou impresso, conforme a preferência do beneficiado, você também poderá encontrar diversas informações sobre outros benefícios INSS, como o calendário de pagamento e a tabela que mostra como são realizados os cálculos.

Consulta INSS 2018

O extrato do INSS 2018 também poderá ser realizado nas agências credenciadas da Providência, como as agências da Caixa Econômica Federal, por exemplo. Nos terminais de autoatendimento, o beneficiado precisa procurar um atendente e ao informar que deseja consultar o extrato de pagamento, é preciso ter em mãos o número do benefício e documentos pessoais, principalmente o CPF.