Receita divulga novidades para o IR nesse ano

Geral

Se você está em busca de informações sobre IRPF 2018, você encontrou o lugar certo. Uma nova lei foi publicada recentemente no Diário Oficial da União que prevê o ajuste escalonado do Imposto de Renda 2018, prevendo o surgimento de diversas mudanças. Aqui nesse post você encontrará informações relevantes para ficar bem informado.

Receita Federal
Receita Federal

Nova tabela do IR

Com diversas tramitações no Congresso, os parlamentares exigiam o aumento de 6,5% nas faixas salariais. Esse ajuste foi considerado impossível pelo governo que apresentou uma contraproposta de 4,5% de reajuste, alegando que 6,5% tiraria ainda esse ano cerca de 7 bilhões de reais dos cofres públicos.

Informe-se também sobre os direitos e deveres do trabalhador no portal da Receita Federal!

Com essa negação de reajuste, ficou acertado o seguinte modelo entre as partes: todos os contribuintes que ganham até R$ 1.903,98 ficam isentos da declaração. As demais correções serão aplicadas de acordo com as faixas de renda.

As novas regras valem para 2018, utilizando o ano-calendário 2015. Este novo modelo de tabela IRRF 2018 surpreenderá todos que estavam esperando apenas reajustes.

Como funciona o Imposto Retido na Fonte

Muitas pessoas, com certeza, já devem ter ouvido essa sigla, mas poucos sabem a respeito. IRRF significa Imposto de Renda Retido na Fonte.

Imposto de renda retido na fonte
Imposto de renda retido na fonte

E o que isso significa? No IRRF, é a pessoa jurídica que declara o imposto de renda ao contrário do IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física) que é a própria pessoa que faz a declaração. No IRRF, é a fonte pagadora que declara e não o beneficiário. Aproveite também para se informar sobre Tabela INSS 2018!

O IRRF é um imposto que incide sobre alguns rendimentos. Confira:

  • Os rendimentos que são pagos pela prestação de serviços entre pessoas jurídicas, no caso de agências de publicidade e alguns serviços de corretagem, por exemplo
  • Todos os rendimentos que são pagos por pessoa jurídica no caso trabalhos não assalariados
  • Rendimentos pagos por pessoas jurídicas ou físicas no caso de trabalhos assalariados
  • Todos os rendimentos de royalties e aluguéis pagos por pessoas jurídicas
  • Os rendimentos que são pagos por fontes situadas em nosso país a empregados, pessoas jurídicas remetidas, creditadas, situadas no exterior

Você também pode obter mais informações no próprio site da Receita clicando aqui.

Tabela IRRF 2018: Como Ficou a Nova Tabela?

Podemos observar na tabela IRRF 2018 que todos os contribuintes que ganham as menores faixas de renda tiveram um reajuste maior e todos que ganham as maiores faixas de renda tiveram um reajuste menor. Lembrando que esse reajuste é proporcional, nos deixando mais sossegados, porque quem ganha menos ainda pagará menos impostos, ao contrário de quem ganha mais.

O reajuste proposto pelo Congresso Nacional será de 6,5% para as duas primeiras faixas. Na terceira faixa, a correção será de 5,5%. Na quarta, será de 5% e nas duas últimas será de 4,5%.

Tabela IRRF 2018: Como Tirar Dúvidas?

Sabemos que declarar o imposto de renda não é uma coisa fácil. Se você tiver alguma dificuldade, você pode ligar para a Central de Atendimento da Receita Federal e esclarecer todas as suas questões.

  • O Receitafone é 146: basta ligar e se informar.

Se você preferir sanar algumas dúvidas usando a Internet, você pode clicar aqui e ir direto na sessão Fale Conosco.

Se optar em ir pessoalmente, você pode encontrar a unidade mais próxima de você clicando aqui.

Boa sorte!

Abono PIS 2019: Como Funciona?

Geral

Abono PIS 2019: Como Funciona?  Saiba agora como funciona o PIS 2019, quem tem direito a receber o Abono Salarial e como fazer para sacá-lo! Acompanhe as informações abaixo e saiba tudo sobre o Abono PIS 2019: Como Funciona?

Abono Salarial do Trabalhador
Abono Salarial do Trabalhador

O PIS – Programa de Integração Social – é um benefício concedido a todo funcionário da iniciativa privada, que tem como objetivo financiar o pagamento do seguro-desemprego, o abono salarial, entre outros. O PIS é pago pela Caixa Econômica Federal e administrado pelo Ministério da Fazenda. Confundido por muitos com o PASEP, o PIS é o benefício dos funcionários privados sendo pago pela Caixa; o PASEP é benefício dos funcionários públicos, sendo pago pelo Banco do Brasil.

Para ter direito ao Abono Salarial do PIS 2019, que tem o valor de 1 salário mínimo, o trabalhador precisa atender a certos requisitos, entre eles:

  • O trabalhador deverá estar devidamente cadastrado no PIS no mínimo por 5 anos;
  • Ter recebido uma remuneração mensal média de no máximo 2 salários mínimos durante o ano-base;
  • Deverá ter exercido uma atividade que tenha sido remunerada, ao menos por 30 dias, podendo ser consecutivos ou não, e que tenha sido no ano-base do benefício;
  • E suas informações deverão ter sido enviadas corretamente pela empresa através da RAIS – Relação Anual de Informações Sociais.

O pagamento do calendário Caixa PIS 2019 pode ser feito de várias formas:

  • Através de crédito diretamente na conta do trabalhador, caso este já possua uma conta corrente ou conta poupança na Caixa Econômica Federal;
  • Pode ser feito através de crédito na folha de pagamento do trabalhador;
  • O pagamento do Abono Salarial também pode ser feito através dos Caixas Eletrônicos e nos Correspondentes Caixa Aqui, desde que o trabalhador já tenha o Cartão do Cidadão.
  • Caso não tenha o Cartão do Cidadão, poderá sacar o Abono Salarial indo pessoalmente a uma agência da Caixa e apresentar o número do PIS e um documento de identidade com foto.

O pagamento do Abono Salarial é feito de acordo com o Calendário, por isto é importante ficar atento para não perder o prazo.

Outro detalhe importante é que de acordo com a Medida Provisória nº 665, todo trabalhador, para receber o Abono Salarial, precisará comprovar ter exercido alguma atividade remunerada, ininterrupta, ao menos por 180 dias no ano-base!

Como sacar o PIS 2019
Como sacar o PIS 2019

Empregada doméstica não tem direito ao Abono Salarial do PIS porque elas estão vinculadas a uma pessoa física, que é a pessoa que a contratou e somente quem trabalha para pessoa jurídica tem direito ao Abono Salarial.

O calendário PIS Caixa 2019 é o seguinte:

  • Nascidos nos meses de julho, agosto e setembro: pagamento dia 14 de julho de 2019.
  • Nascidos nos meses de outubro, novembro e dezembro: pagamento dia 13 de agosto de 2019.
  • Nascidos nos meses de janeiro, fevereiro e março: pagamento dia 15 de setembro de 2019.
  • Nascidos nos meses de abril, maio e junho: pagamento dia 13 de outubro de 2019.