Como Fazer a Consulta e Efetuar o Pagamento do Licenciamento

Veículos

IPVA 2019
IPVA 2019

licenciamento é um procedimento obrigatório pelo governo de estado, onde o veículo passa por uma vistoria para verificar se ele está apto para andar pelas ruas. Se o automotivo estiver com dívidas pendentes como multas, a quitação desses débitos tem que ser feita durante o licenciamento.

O proprietário do automotivo que não estiver com o licenciamento PR 2019 em dias está sujeito a penalidades, perda de 7 pontos na carteira de habilitação e uma multa no valor de R$ 192,00, depois de apreendido o veículo só é liberado quando a situação for regularizada.

 

Para fazer o licenciamento de veículos de forma presencial o proprietário deve levar os documentos que são pedidos pelo Detran, licenciamento do ano, pagamento do DPVAT do ano atual, comprovante do pagamento do IPVA 2019, apresentar comprovante de pagamento das multas se o veículo tiver algum débito e o recolhimento da taxa de licenciamento.

Vale ressaltar que em algumas regiões do país tem suas exigências de documentos para o veículo rodar, por isso confira como é o procedimento que tem que ser feito e o que tem que ser levado do seu estado.

Pagamento Licenciamento

Cada estado possui sua taxa para o pagamento do licenciamento 2019, basta você procurar se informar acessando o site do Detran de sua região, o licenciamento é nada mais nada menos a regularização do IPVA 2019 PR, o pagamento do DPVAT e pagamentos de multas se o veículo tiver alguma é claro.

O pagamento do licenciamento do veículo é cobrado de acordo com o número final da placa, que corresponde o mês que vende o documento do veículo, mas não é uma regra para todo o país cada estado tem sua tabela de licenciamento do seu estado porquê as datas não podem ser a mesma.

O licenciamento tem uma taxa de 68,00 reais, mas se você quiser fazer o pagamento via boleto pelo site, o licenciamento sairá 11,00 reais mais caro. Para você regularizar o licenciamento 2019 paraná do seu carro siga os passos a seguir:

  • Procure um banco credenciado do Detran do seu estado;
  • Levando com você os documentos exigidos para o licenciamento;
  • Informe o número do RENAVAM ao caixa, onde ele irá lhe informar o valor da taxa que vai ser recolhido e algumas pendências financeiras se o veículo tiver como multas;
  • Para serem quitadas, faça o pagamento dos débitos e da taxa de licenciamento e aguarde no prazo de uma semana o novo CRVL seja entregue pelo correio.

Fazendo todo esse procedimento logo o seu veículo estará apto a andar pelas ruas, claro que sem nenhuma preocupação, lembrando que o licenciamento tem a validade de um ano para que ocorra uma nova regularização.

Como fazer a consulta do Licenciamento

Para fazer a consulta do licenciamento do seu automóvel, o proprietário deve acessar o site do Detran de seu estado, fazendo um cadastro para consultar esse e outros documentos relacionados ao seu veículo. Para realizar uma consulta rápida basta digitar o número da placa do veículo e apertar OK.

Fazendo esse procedimento o proprietário do veículo tem acesso de débitos a ser quitados, data de vencimento do próximo licenciamento.

Todo o estado tem suas datas especificas para o vencimento do licenciamento anual de automotivos, basta você acompanhar a tabela de licenciamento do seu estado e as datas de descontos. Por isso olhe no site do seu estado e faça a consulta do seu IPVA.

  • ipva.fazenda.sp.gov.br.

A maioria dos estados seguem uma tabela na qual o termino do número da placa do veículo, onde corresponde o mês de vencimento do licenciamento 2019, depois de consultar a data de vencimento o proprietário deve se dirigir a pontos de auto consulta e pagamentos afiliados com o Detran de seu estado.

O que pode levar a apreensão do automóvel?

Veículos

Um automóvel ganha o direito de circular nas ruas quando está completamente regularizado. Caso contrário pode ser apreendido por qualquer agente de trânsito devidamente capacitado e sinalizado desta forma. É preciso ter cuidado porque apreensão possui custos. Saiba mais!

Como funciona a apreensão do automóvel?

Veículos irregulares com o IPVA 2019 e outros motivos podem ser apreendidos a qualquer instante quando em circulação na rua. Isso significa tirar o carro, moto ou caminhão da posse do proprietário até ser devidamente regularizado. É importante saber que não é necessário o automotor estar em posse do dono. Estando irregular e sendo outro motorista a conduzir, ele pode ser apreendido também.

O que pode levar a apreensão do automóvel?
O que pode levar a apreensão do automóvel?

E o que isso quer dizer? Em primeiro momento o motorista deve sair do carro e seus documentos ficam em posse do agente de trânsito. O motorista será indicado a sair do veículo levando seus pertences pessoas e a partir de então ficará em posse do departamento de trânsito da cidade, o Detran.

O Detran estadual remove o veículo para um pátio de estacionamento de sua possa. Costuma ser o mais próximo do endereço do local que o carro está. Ele deve ficar retido até o motivo da apreensão ser solucionado.

Os custos de rebocar o veículo são do proprietário e repassados para ele no momento da retirada. O carro ou moto só deixa o depósito do Detran quando todas as taxas são pagas.

Quais os motivos para apreensão do automóvel?

Como prevê o Código de Trânsito Brasileiro, todos os veículos considerados irregulares no Brasil podem ser apreendidos a qualquer momento. Um agente de trânsito devidamente sinalizado em uma fiscalização de rotina pode apreender um veículo irregular.

São considerados veículos irregulares no Brasil aqueles que:

  • Não estão com as taxas anuais pagas – IPVA 2019 SP e DPVAT;
  • O documento do veículo está vencido em mais de 30 dias;
  • O veículo não está em pleno funcionamento – uma avaliação básica do agente poderá indicar isso. Se alguma parte do automóvel ou moto colocar em risco a segurança dos passageiros e motorista deve ser retirado da rua;
  • O veículo possui placa sinalizada no Detran como roubada ou apreendida;
  • O motorista não tiver condições de dirigir e não houver outro habilitado no momento – apreensão na Lei Seca, por exemplo.

Pode um agente de trânsito apreender um veículo a qualquer instante?

Na verdade, não. Ser um agente de trânsito não dá poder total a um funcionário do Detran de apreender veículos nas ruas. Se ele não está a trabalho, devidamente fardado e com sinalização de fiscalização não poderá apreender o veículo.

Mas há uma confusão comum neste tipo de situação. Muitos motoristas acreditam que se não há reboque na blitz o veículo não pode ser apreendido. Isso é um grande erro. Mesmo sem reboque no local um agente de trânsito pode solicitar via rádio ou telefone um veículo para transporte do carro, moto ou caminhão apreendido a qualquer instante.

Agentes de trânsito também podem solicitar reforço policial a qualquer instante. Na maior parte das fiscalizações de rua há sempre uma viatura para suporte, mas esta pode ser solicitada por rádio ou telefone caso o agente se sinta em perigo ou coagido. Ele não pode efetuar a prisão, mas consegue movimentar os responsáveis por isso.

Como Quitar seu Seguro Obrigatório

Veículos

O DPVAT Detran Minas Gerais 2019 pode informá-lo através da internet, mesmo sem ter que ir para a unidade do órgão. Com os sistemas informatizados, temos mais instalações para acessar esses serviços, para que não perca tanto tempo nas filas de serviço, entre outras situações. Então, saiba como obter informações e documentação sobre este imposto, é obrigatório e anual, e para não deixar o veículo irregular, devemos mantê-lo atualizado.

DETRAN Minas Gerais

Informações sobre o DPVAT Detran Minas Gerais 2019 O guia de pagamento do DPVAT Detran MG 2019 é um documento que não pode faltar quando você paga este imposto, ainda mais porque este guia contém as informações que você precisa para pagar o imposto, mesmo o valor e A data de vencimento. Muitas pessoas ainda estão procurando o serviço face a face para emitir este documento, mas isso não é mais necessário porque a internet tem como fazê-lo.

Como emitir o Guia de DPVAT 2019 MG? Insira os dados para emitir o guia de pagamento.

Se você ainda não sabe como emitir o guia on-line DPVAT MG 2019, veja como funciona e passo a passo, com as instruções abaixo, você pode entender como ter este documento em mão:

  • Site Detran Minas Gerais: www.detran.mg.gov.br
  • Como mostrado na imagem acima, você deve inserir o Número RENAVAM e ANO, depois clique no botão CONSULTAR.

Este procedimento é totalmente gratuito e permite que você tenha mais agilidade no dia a dia. Portanto, ele atende ao prazo de validade deste documento para que você possa pagar esse imposto no horário.

Tabela de pagamentos DPVAT Detran MG 2019

A tabela DPVAT MG 2019 também está disponível no site, mas, como não foi atualizada, deixamos a tabela acima do ano anterior. Para este ano, as datas mudam, elas sempre sofrem alterações mesmo, então, uma vez que você inicia o ano de 2019, você já pode entrar no site Detran e verificar esta tabela atualizada à medida que deixa essa informação lá para verificar.

Valor de DPVAT Detran MG 2019

O valor do imposto é cobrado no veículo que você possui, então o mesmo varia muito e o guia que você enviará pela internet possui essa informação. Sabemos que quanto mais caro o carro / motocicleta, maior será o imposto. Então confira essas informações e tente fazer o pagamento a tempo, veja os métodos de pagamento:

  • Pagamento único: 5% de desconto;
  • Pagamento em parcelas em 3 vezes: sem desconto.

O pagamento do DPVAT MG 2019 com desconto só é concedido quando pago dentro da data de vencimento.

Alguns dias antes da prova

Geral

Procure saber como chegar no local da prova do programa Educa Mais Brasil com antecedência para não correr o risco de se atrasar. Se for um local desconhecido, faça o trajeto antes para monitorar tempo de deslocamento, horários de ônibus, etc. Se precisar de táxi, agende com antecedência.

Escolha uma roupa confortável, você irá ficar muito tempo sentado e precisa de conforto para pensar melhor. Desconforto atrapalha a concentração.

Nos dias que antecedem a prova, preste muita atenção em sua alimentação. Não se exponha às intempéries. Não coma fora de casa, não experimente alimento pela primeira vez. Faça tudo exatamente conforme sua rotina. O nervosismo por si só já pode causar algum desconforto. Se a alimentação não estiver de acordo, uma gripe, alergia ou dor de barriga pode acabar com meses de dedicação.

Também nos dias que antecedem a prova, não carregue seu RG consigo. Prefira outro documento. Perder o RG na semana que antecede a prova vai causar problemas e um estresse totalmente desnecessário. Deixe-o em casa, em local seguro.

No dia anterior à prova, descanse. Confira o que precisa levar (os documentos, inscrição do Educa+ Brasil, caneta e outros objetos permitidos), verifique a previsão do tempo e separe a roupa adequada. Acerte o relógio, programe dois despertadores: um eletrônico e outro mecânico. Assim, se faltar energia durante a noite, você não corre o risco de perder a hora.

No dia da prova, leve água e algo leve para comer. Mas, antes leia o edital. Alguns deles proíbem o uso de alimentos dentro das salas de aula. Não tome muita água para evitar idas desnecessárias ao banheiro. O tempo da prova é escasso; não o desperdice.

Reserve pelo menos 30 minutos para fazer o preenchimento de seu gabarito do Educa+ Brasil 2018. Faça isso com muito cuidado e atenção. A pressa pode significar marcações erradas que vão comprometer seu resultado.

Se não for aprovado, tire um dia ou dois para descansar e retome os estudos. Na próxima prova você já sairá na frente. Se você passar, continue estudando, pois pode demorar um pouco para ser chamado.

Saiba como consultar o saldo do INSS Online

Geral

Consulta INSS 2018 – Uma das maiores autarquias do Brasil, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tem como objetivo resolver todos os assuntos que englobam a providência social, saúde e assistência social. O pagamento do INSS poderá ser realizado em mais de 1500 agências credenciadas por todo o País.

Mas, após verificar a tabela INSS 2018 de pagamento e o calendário, você ainda poderá conferir também o valor do INSS que será pago. A consulta permite você descobrir qual é este valor. Entre todas as ferramentas presentes no site para diversas consultas, o extrato de consulta INSS online é um deles.

Consulta INSS 2018

A consulta do INSS pela internet poderá ser feito seguindo os passos abaixo:

  1. Acesse o site do INSS www.previdencia.gov.br;
  2. Nome do benefício;
  3. Data de Nascimento;
  4. Nome do Beneficiário;
  5. Número do CPF;
  6. Digite os caracteres no campo ao lado;

Através da consulta INSS 2018 o beneficiado poderá acompanhar a sua situação junto a previdência mensalmente. Saber quais foram os pagamentos realizados e se há algum benefício a ser pago ainda. Além disso, no site é possível tirar todas as dúvidas e entrar em contato casa deseja realizar alguma reclamação.

Aqui é importante informar o número do benefício, sem pontos ou barra. A data de nascimento do beneficiado, contendo quadro algarismo no ano, por exemplo, 02/06/1982. Além disso, é necessário informar também o nome do beneficiado e o número do CPF. É importante que para realizar a consulta INSS, todos os dados sejam informados de forma correta e verídica para que a mesma possa ocorrer de forma correta.

Extrato INSS 2018

O Extrato INSS 2018 que poderá ser visualizado ou impresso, conforme a preferência do beneficiado, você também poderá encontrar diversas informações sobre outros benefícios INSS, como o calendário de pagamento e a tabela que mostra como são realizados os cálculos.

Consulta INSS 2018

O extrato do INSS 2018 também poderá ser realizado nas agências credenciadas da Providência, como as agências da Caixa Econômica Federal, por exemplo. Nos terminais de autoatendimento, o beneficiado precisa procurar um atendente e ao informar que deseja consultar o extrato de pagamento, é preciso ter em mãos o número do benefício e documentos pessoais, principalmente o CPF.

Novidades previstas para o ENEM em 2019

Geral

O Ministério da Educação (MEC), publicou ontem a portaria que define as regras para o Enem 2019, com informações importantes para os candidatos. As inscrições para o Enem 2019 vão de 14 a 19 de janeiro de 2018, fique atento ao prazo, elas poderão ser feitas no Portal do Enem, em siteenem.mec.gov.br.

Entre as regras, dessa vez oficializadas com a publicação no Diário Oficial da União da Portaria Normativa n˚1, de 6 de janeiro de 2012, está a nota mínima para concorrer a uma das milhares de bolsas do ProUni, que é de 400 pontos na somatória das provas do Enem 2017, além de não ter zerado a prova de redação. Outro quesito é que o candidato deverá ter estudado em escola pública ou na condição de bolsista em escola particular.

Consulte aqui a portaria normativa que regulamenta o Enem 2019. O candidato será selecionado uma bolsa no ProUni de acordo com a sua nota no Enem 2017, porém a vaga só estará garantida após a comprovação da documentação exigida, para conferir a documentação completa, consulte a portaria acima. O Governo Federal, visando o aperfeiçoamento dos professores, autorizou que os professores da rede pública de ensino se inscrevam no ProUni desde que os cursos escolhidos sejam de licenciatura ou pedagogia, tirando esta exceção, não é permitido que uma pessoa que já tenha curso superior, possa fazer outro através do ProUni.

Ainda de acordo com a portaria do Exame Nacional do Ensino Médio, publicada no Diário Oficial da União, para ter direito a uma bolsa integral, o candidato deve ter uma renda máxima de um salário mínimo e meio (R$ 933), para concorrer a bolsas parciais, de 25% ou 50%, a renda máxima permitida é de três salários mínimos (R$ 1.866). Indígenas, negros, pardos e pessoas com deficiência devem pleitear bolsas referentes a “ações afirmativas”.

O Governo já liberou a consulta de valores do IPVA para o estado do Rio de Janeiro

Veículos

Saiba como fazer a Consulta, Pagamento e Valor do IPVA RJ 2019. Além disso tenha acesso a Valor, Tabela, Vencimento e outras informações

IPVA RJ 2019 – O estado do Rio de Janeiro é um dos principais locais brasileiros para turismo. Com a maior costa marítima do Brasil, esta unidade federativa tem, também, o sexto maior PIB do nosso país, o que prova que além de ser um ótimo lugar para viajar, produz bastante em termos econômicos.

Apesar de milhares de forasteiros se dirigirem ao estado mensalmente e lá ser considerado um local para esquecer-se da vida e cair na curtição, os impostos não são nada brandos! Assim como qualquer outro estado, o IPVA RJ 2019 estará na cola de todos que têm carros na garagem. Você precisa ficar atento para não pagar multas ou confundir valores, etc. Confira todos os detalhes sobre o imposto abaixo!

Liberado os valores para consulta
Liberado os valores para consulta do IPVA 2019 RJ

Consulta ao IPVA Rio de Janeiro

Para consultar o status e valores do seu IPVA 2019 RJ, não há outro método mais garantido e oficial do que entrando direto no site da Secretaria do Estado da Fazenda do Rio de Janeiro. No SEFAZ, você poderá colocar o seu RENAVAM no campo e verificar tudo que necessita sobre seu veículo.

Pagamento e Boleto do IPVA RJ 2019

O pagamento do imposto automotor pode ser realizado de três maneiras: Loterias – Qualquer estabelecimento deste tipo está apto para tal; Boca do caixa em bancos – Basta ir ao banco mais próximo de sua casa e pagar diretamente com a atendente; Bankline – No conforto de casa, acesse a sua conta do banco virtual e dê os números do boleto. Pronto, o pagamento do IPVA RJ 2018 está feito!

Boleto e Valor do IPVA RJ 2019

A quantidade de boletos que você emitirá dependerá da quantidade de vezes que você dividirá o valor. O DETRAN permite que você pague um pouco por mês, para que o montante total não pese no seu bolso.

IPVA RJ 2019 – Consulta, Pagamento, Boleto, Valor, Tabela

O valor a ser pago do seu IPVA 2019 vai depender de diversos fatores que constam na tabela oficial. No entanto, se você realizar o pagamento a vista, ganhará 10% de desconto! É um bom valor abatido que pode ser utilizado para diversos fins. Saiba também o Valor do IPVA MG 2018 e IPVA SE 2018.

Tabela do IPVA RJ 2019

Cada veículo tem um valor diferente de IPVA, pois eles utilizam o ano, modelo e montadora na criação dos preços. Logo, a tabela FIPE é a utilizada para lhe dizer quanto você tem de compromisso anual com o governo. Não deixe de conferir no próprio SEFAZ/RJ!

Para maiores dúvidas e fazer consulta, pagamento, valor, emitir boleto e tabela do IPVA RJ 2019 acesse o site do Detran RJ http://www.detran.rj.gov.br/.

Planos que cobrem Cirurgias Plásticas

Saúde

Algumas cirurgias plásticas, que não sejam feitas para estética, podem ser realizadas através do Cartão SUS – Sistema Único de Saúde, ou seja, serão totalmente gratuitas, como cirurgia de redução de estômago em casos extremos. Abaixo você poderá entender melhor sobre outras cirurgias.

O que é e como funciona o Plano do SUS

Os planos de saúde pelo Cartão SUS são dos mais requisitados no Brasil. Saiba mais sobre os planos que o Cartão SUS tem para lhe oferecer.

O Cartão SUS é a maior provedora de planos de saúde no Brasil e tem realmente um leque de opções muito alargado, no entanto é pena que o seu site principal não tenha muita informação em relação aos planos individuais e familiares, para ter esta informação deverá consultar o Cartão SUS da sua região.

Por exemplo pode consultar a tabela do Cartão SUS de São Paulo e lá tem uma tabela com todos os preços que estão divididos por escalões etários e pode verificar que os planos familiares são mais vantajosos que os planos individuais em termos de preço por pessoa.

O que parece variar entre os planos Original, Padrão, Integral, Supremo e Absoluto são os Hospitais em que tem direito a atendimento porque segundo o que consta no site todos os planos cobrem Consultas, exames simples, exames de alta complexidade, cirurgia bariátrica, fisioterapia, internações, cirurgias e parto. Isto é verificado no site do Cartão SUS de São Paulo, verifique o site da sua região para ver se as condições são as mesmas.

O Cartão Família SUS abrange coberturas de consultas, exames e procedimentos rotineiros e especializados, além de internações em enfermaria ou apartamento. O Cartão Participativo tem uma mensalidade é menor e os clientes , por intermédio da empresa, participam dos custos quando se utilizam das coberturas contratadas.

Proteção no Trabalho oferece gerenciamento completo dos riscos associados ao trabalho por meio de constante monitoramento e controle das atividades exercidas em sua organização.

Com o Cartão Odontológico do SUS os clientes podem ir ao dentista quantas vezes for preciso. O atendimento é realizado por meio dos dentistas da Uniodonto São Paulo, uma cooperativa paulista que conta com mais de 1.900 cirurgiões dentistas cooperados na capital.

O Cartão SUS de fato tem uma cobertura muito ampla e com vários planos de saúde que se adaptam a várias capacidades financeiras e necessidades. Faça uma pesquisa no site da Cartão SUS da sua região para se informar melhor sobre as condições e preços praticados que podem variar de região para região.

Receita divulga novidades para o IR nesse ano

Geral

Se você está em busca de informações sobre IRPF 2019, você encontrou o lugar certo. Uma nova lei foi publicada recentemente no Diário Oficial da União que prevê o ajuste escalonado do Imposto de Renda 2019, prevendo o surgimento de diversas mudanças. Aqui nesse post você encontrará informações relevantes para ficar bem informado.

Receita Federal
Receita Federal

Nova tabela do IR

Com diversas tramitações no Congresso, os parlamentares exigiam o aumento de 6,5% nas faixas salariais. Esse ajuste foi considerado impossível pelo governo que apresentou uma contraproposta de 4,5% de reajuste, alegando que 6,5% tiraria ainda esse ano cerca de 7 bilhões de reais dos cofres públicos.

Informe-se também sobre os direitos e deveres do trabalhador no portal da Receita Federal!

Com essa negação de reajuste, ficou acertado o seguinte modelo entre as partes: todos os contribuintes que ganham até R$ 1.903,98 ficam isentos da declaração. As demais correções serão aplicadas de acordo com as faixas de renda.

As novas regras valem para 2018, utilizando o ano-calendário 2015. Este novo modelo de tabela IRRF 2018 surpreenderá todos que estavam esperando apenas reajustes.

Como funciona o Imposto Retido na Fonte

Muitas pessoas, com certeza, já devem ter ouvido essa sigla, mas poucos sabem a respeito. IRRF significa Imposto de Renda Retido na Fonte.

Imposto de renda retido na fonte
Imposto de renda retido na fonte

E o que isso significa? No IRRF, é a pessoa jurídica que declara o imposto de renda ao contrário do IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física) que é a própria pessoa que faz a declaração. No IRRF, é a fonte pagadora que declara e não o beneficiário. Aproveite também para se informar sobre Tabela INSS 2019!

O IRRF é um imposto que incide sobre alguns rendimentos. Confira:

  • Os rendimentos que são pagos pela prestação de serviços entre pessoas jurídicas, no caso de agências de publicidade e alguns serviços de corretagem, por exemplo
  • Todos os rendimentos que são pagos por pessoa jurídica no caso trabalhos não assalariados
  • Rendimentos pagos por pessoas jurídicas ou físicas no caso de trabalhos assalariados
  • Todos os rendimentos de royalties e aluguéis pagos por pessoas jurídicas
  • Os rendimentos que são pagos por fontes situadas em nosso país a empregados, pessoas jurídicas remetidas, creditadas, situadas no exterior

Você também pode obter mais informações no próprio site da Receita clicando aqui.

Tabela IRRF 2018: Como Ficou a Nova Tabela?

Podemos observar na tabela IRRF 2019 que todos os contribuintes que ganham as menores faixas de renda tiveram um reajuste maior e todos que ganham as maiores faixas de renda tiveram um reajuste menor. Lembrando que esse reajuste é proporcional, nos deixando mais sossegados, porque quem ganha menos ainda pagará menos impostos, ao contrário de quem ganha mais.

O reajuste proposto pelo Congresso Nacional será de 6,5% para as duas primeiras faixas. Na terceira faixa, a correção será de 5,5%. Na quarta, será de 5% e nas duas últimas será de 4,5%.

Tabela IRRF 2018: Como Tirar Dúvidas?

Sabemos que declarar o imposto de renda não é uma coisa fácil. Se você tiver alguma dificuldade, você pode ligar para a Central de Atendimento da Receita Federal e esclarecer todas as suas questões.

  • O Receitafone é 146: basta ligar e se informar.

Se você preferir sanar algumas dúvidas usando a Internet, você pode clicar aqui e ir direto na sessão Fale Conosco.

Se optar em ir pessoalmente, você pode encontrar a unidade mais próxima de você clicando aqui.

Boa sorte!

Abono PIS 2019: Como Funciona?

Geral

Abono PIS 2019: Como Funciona?  Saiba agora como funciona o PIS 2019, quem tem direito a receber o Abono Salarial e como fazer para sacá-lo! Acompanhe as informações abaixo e saiba tudo sobre o Abono PIS 2019: Como Funciona?

Abono Salarial do Trabalhador
Abono Salarial do Trabalhador

O PIS – Programa de Integração Social – é um benefício concedido a todo funcionário da iniciativa privada, que tem como objetivo financiar o pagamento do seguro-desemprego, o abono salarial, entre outros. O PIS é pago pela Caixa Econômica Federal e administrado pelo Ministério da Fazenda. Confundido por muitos com o PASEP, o PIS é o benefício dos funcionários privados sendo pago pela Caixa; o PASEP é benefício dos funcionários públicos, sendo pago pelo Banco do Brasil.

Para ter direito ao Abono Salarial do PIS 2019, que tem o valor de 1 salário mínimo, o trabalhador precisa atender a certos requisitos, entre eles:

  • O trabalhador deverá estar devidamente cadastrado no PIS no mínimo por 5 anos;
  • Ter recebido uma remuneração mensal média de no máximo 2 salários mínimos durante o ano-base;
  • Deverá ter exercido uma atividade que tenha sido remunerada, ao menos por 30 dias, podendo ser consecutivos ou não, e que tenha sido no ano-base do benefício;
  • E suas informações deverão ter sido enviadas corretamente pela empresa através da RAIS – Relação Anual de Informações Sociais.

O pagamento do calendário Caixa PIS 2019 pode ser feito de várias formas:

  • Através de crédito diretamente na conta do trabalhador, caso este já possua uma conta corrente ou conta poupança na Caixa Econômica Federal;
  • Pode ser feito através de crédito na folha de pagamento do trabalhador;
  • O pagamento do Abono Salarial também pode ser feito através dos Caixas Eletrônicos e nos Correspondentes Caixa Aqui, desde que o trabalhador já tenha o Cartão do Cidadão.
  • Caso não tenha o Cartão do Cidadão, poderá sacar o Abono Salarial indo pessoalmente a uma agência da Caixa e apresentar o número do PIS e um documento de identidade com foto.

O pagamento do Abono Salarial é feito de acordo com o Calendário, por isto é importante ficar atento para não perder o prazo.

Outro detalhe importante é que de acordo com a Medida Provisória nº 665, todo trabalhador, para receber o Abono Salarial, precisará comprovar ter exercido alguma atividade remunerada, ininterrupta, ao menos por 180 dias no ano-base!

Como sacar o PIS 2019
Como sacar o PIS 2019

Empregada doméstica não tem direito ao Abono Salarial do PIS porque elas estão vinculadas a uma pessoa física, que é a pessoa que a contratou e somente quem trabalha para pessoa jurídica tem direito ao Abono Salarial.

O calendário PIS Caixa 2019 é o seguinte:

  • Nascidos nos meses de julho, agosto e setembro: pagamento dia 14 de julho de 2019.
  • Nascidos nos meses de outubro, novembro e dezembro: pagamento dia 13 de agosto de 2019.
  • Nascidos nos meses de janeiro, fevereiro e março: pagamento dia 15 de setembro de 2019.
  • Nascidos nos meses de abril, maio e junho: pagamento dia 13 de outubro de 2019.